RENDA FIXA

Renda Fixa é um tipo de investimento onde o investidor empresta dinheiro a um banco, a uma empresa ou até mesmo ao governo. Quem sai ganhando não é apenas o investidor, mas quem emite o título também, pois é uma maneira de financiar projetos, gerando assim mais oportunidades para o Brasil. Esse investimento possui regras de remuneração definidas, que estabelece o prazo e a forma que será calculada e paga ao investidor.


Os títulos de Renda Fixa seguem dois critérios de classificação: tipo de emissor, que podem ser públicos (Governo) ou privados (empresas), e rentabilidade, que são prefixados ou pós-fixados. Os títulos prefixados são aqueles em que o investidor tem conhecimento prévio do quanto irá receber de retorno da aplicação. Já os títulos pós-fixados, são o contrário. O investidor só vai saber a rentabilidade da aplicação na data de vencimento, podendo variar devido às oscilações dos índices.


Tipos de investimentos em Renda Fixa:

Letra Financeira

Tesouro Direto

Títulos Públicos Federais

CDB - Certificado de Depósito Bancário

CRA - Certificado de Recebíveis do Agronegócio

CRI - Certificado de Recebíveis Imobiliários

Debêntures

DPGE - Depósito a prazo com garantia especial do FGC

FIDC - Fundo de Investimento em Direitos Creditórios

LC - Letra de Câmbio

LCA - Letra de Crédito do Agronegócio

LCI - Letra de Crédito Imobiliário